Atualmente, várias tendências tecnológicas estão forçando a área de TI a se tornar mais dinâmica, relevante e consciente dos negócios. Essas tendências incluem computação móvel, desenvolvimento ágil, consumidores com inclinação digital e, você provavelmente adivinhou, computação em nuvem. As organizações que estão dispostas a intensificar e enfrentar essas inclinações são aquelas que experimentam transformação e crescimento, enquanto as que estão presas nas formas tradicionais estão começando a tropeçar. E é por isso que 80% já enxerga a nuvem como parte integrante de sua direção no caminho da transformação digital.

Atualmente, muitas empresas estão sentindo um senso de urgência para iniciar uma transformação digital à medida que a demanda dos usuários aumenta e o ambiente competitivo esquenta. Para alinhar recursos e estratégias de forma eficaz com o ambiente de negócios dinâmico e seus consumidores, muitos precisam recorrer a novas soluções – e a mais eficaz é a computação em nuvem. A nuvem oferece recursos de TI flexíveis que transformam o modelo de negócio, possibilita o rápido tempo de entrada no mercado e a capacidade de experimentar sem estresse todos as possibilidades. E, além de seus benefícios inatos, a computação em nuvem está realmente acelerando a iniciativa de transformação para empresas.

A nuvem criou novas conversas no ambiente coorporativo e, essas conversas, conectam melhor a TI ao restante do negócio. Quando você considera que a TI é responsável por manter as operações essa conexão parece bastante necessária. À medida que a computação em nuvem amadureceu, a nuvem e a conversação digital foram além do departamento de TI. A alta gerência está percebendo os imensos benefícios e o potencial da nuvem para possibilitar uma transformação digital e o papel fundamental da TI nesse processo.

A conversa em torno da computação em nuvem e das soluções digitais precisa ser abrangente. A TI, inevitavelmente, apreciará os méritos técnicos da nuvem, enquanto os executivos desejarão alavancá-la para o crescimento e agilidade nos negócios. Os dois lados são fundamentais para uma transição bem-sucedida, por isso a conversa não deve ser unilateral. Ao considerar a nuvem de todos os ângulos, uma empresa experimentará uma solução que pode realmente transformar toda a organização.

Mas, essa transformação digital não acontecerá de uma vez. Provavelmente, ela vai acontecer em etapas, por isso, é preciso ter planejamento. É importante para uma empresa começar com o básico com a transição de funções fundamentais, como e-mail, compartilhamento de arquivos ou sistemas de telefone para a nuvem, garantindo que eles funcionem sem problemas. Em seguida, a organização passaria para a próxima etapa em seu roteiro digital, que varia de empresa para empresa. O especialista do setor, Ray Wang, apresentou algumas etapas básicas para a transformação digital que um negócio pode considerar:

  • Projetar novas experiências e modelos de negócios
  • Desenvolver uma cultura de DNA digital
  • Aplicar novas tecnologias à infraestrutura existente
  • Mover-se às novas decisões baseada em dados
  • Co-criar e co-inovar com novos parceiros

Ao fazer a transição de funções para a nuvem, a TI pode se concentrar mais em iniciativas e inovações diferenciadoras de negócios. E durante a transição, uma empresa experimentará estabilidade, escalabilidade, custos reduzidos, flexibilidade e outros benefícios importantes que aliviam uma organização em inúmeras áreas. Para se manterem competitivas, as empresas precisam se concentrar em como elas podem alavancar a nuvem para permitir a transformação digital, mudar a forma de fazer negócios e interromper o mercado.

A transformação digital costumava ser uma meta distante para ajudar a obter vantagem competitiva, mas hoje é praticamente necessária para que uma empresa permaneça relevante. A computação em nuvem tornou-se rapidamente uma mudança crítica no jogo, mas em vez de abordá-la como o objetivo final em si, as empresas devem usar a nuvem como um facilitador para a transformação digital, e como um recurso para crescimento e inovação contínuos.

%d blogueiros gostam disto: