O surgimento da computação em nuvem fornece às empresas a capacidade de provisionar rapidamente recursos de computação, sem a tarefa custosa e trabalhosa de construir datacenters e sem o desperdício financeiro de execução de servidores com capacidade não utilizada devido à carga de trabalho variável.

A plataforma de computação em nuvem da Microsoft, Azure, foi lançada em fevereiro de 2010. Além das ofertas tradicionais de nuvem, como máquinas virtuais, armazenamento de objetos e redes de distribuição de conteúdo (CDNs), o Azure oferece serviços que aproveitam as tecnologias proprietárias da Microsoft. Por exemplo, o RemoteApp permite a implantação de programas do Windows usando uma máquina virtual, com clientes no Windows, OS X, Android ou iOS, por meio de uma conexão de área de trabalho remota. O Azure também oferece versões hospedadas em nuvem de soluções corporativas comuns da Microsoft, como o Active Directory e o SQL Server. Esta introdução à plataforma de nuvem da Microsoft será atualizada periodicamente para manter os líderes de TI informados sobre os novos serviços do Azure, além das maneiras pelas quais eles podem ser aproveitados.

Desta maneira, a transformação digital, por intermédio da Nuvem da Microsoft, pode trazer para o seu empreendimento a visão ampla necessária para acompanhar as transformações do mercado e produzir de maneira inteligente.

%d blogueiros gostam disto: