A Cibersegurança é um assunto que está sempre em pauta nas empresas, principalmente daquelas que entendem sobre a importância da tecnologia para potencializar e automatizar seus negócios. Segundo estudo da consultoria global PWC, 91% mas médias e grandes empresas têm algum tipo de ação para gestão de riscos com a segurança cibernética.

O que é Cibersegurança?

Cibersegurança é o conjunto de meios e tecnologias que visam proteger programas, computadores, redes, dados, software e hardware de possíveis danos e intrusões ilícitas.

A cada dia, a segurança do ciberespaço vem se tornando mais desejada, pois os ciberataques podem trazer sérias consequências às empresas, pessoas e até mesmo países.

Violações de cibersegurança impactam organizações

Muitas pessoas acreditam que os riscos de ciberataques tem diminuído, mas isso não podia ser menos verdade. No último ano, quase 90% das organizações brasileiras foram atingidas por, pelo menos, uma violação de segurança, segundo uma pesquisa feita pela CompTIA, uma associação do setor de TI.

O Brasil é considerado um dos países mais vulneráveis, quando o assunto é segurança web. Um agravante são os erros humanos, que aumentam riscos à segurança cibernética, se comparado com os erros tecnológicos.

Cibersegurança em nuvem

Com o aumento do uso de tecnologias móveis e a necessidade de dinamicidade entre o colaboradores e clientes, as soluções em nuvem vêm sendo os mais escolhidos para as rotinas organizacionais.

Assim, é possível acessar seu ambiente em qualquer lugar, desde que haja conexão com a internet, para acessar servidores e aplicações na segurança dos serviços em nuvem, além de manter sempre um backup sem necessidade de aplicativos e dispositivos externos.

Estima-se que 60% das empresas que implementam as ferramentas certas para controle e visibilidade da nuvem, terão um terço a menos de problemas de segurança até 2018.

Consequências financeiras

Pesquisas mostram que o dano financeiro total para uma empresa que sofre um ciberataque é da ordem de 3,4 milhões de dólares. Esses números deixam claro que esses tipos de ameaças podem ter um impacto devastador em uma empresa. Cenário que torna claro o motivo de se ter um plano de TI.